REVÉS EM CAMPO – CONFIANÇA NO FUTURO

 

 

Vimos por meio deste, colocar de forma oficial, algumas questões relevantes a respeito da Sociedade Esportiva do Gama. Vimos, igualmente, passar para aqueles que amam e torcem para o clube, uma mensagem de otimismo para o futuro, uma espécie de prestação de contas, para com aqueles que são a principal razão da grandeza da SEG e que nos fazem ser o clube mais tradicional e vitorioso do Distrito Federal.

 

É inegável que o resultado dentro de campo, com uma surpreendente eliminação no Candangão 2018, ainda na fase de quartas de final, entristeceu a todos e trouxe, em curto prazo, grandes prejuízos ao clube, tanto financeiramente, quanto desportivamente, com a perda de oportunidade de um calendário cheio para o próximo ano.

 

Não devemos apontar culpados por esta eliminação. Tudo foi feito, dentro das limitações do clube, para que o resultado fosse outro. O time, mesmo com algumas carências, era qualificado o suficiente para disputar em boas condições o título deste ano. Não faltaram, comprometimento dos atletas, esforço e dedicação da comissão técnica e trabalho da diretoria para assegurar estrutura material e humana, bem como, salários e prêmios em dia.

 

Apesar da frustrante eliminação, agradecemos a todos, por terem, em todos os momentos, buscado colocar o Gama na final do campeonato, objetivo claro e amplamente compartilhado por todos no clube.

 

Mesmo assim, o clube não pode parar, e neste sentido é que vimos passar uma mensagem de otimismo e de certeza em dias melhores. Como é de conhecimento daqueles que acompanham a SEG, desde maio de 2017, a diretoria, junto com a GoalManage, consultoria na área de gestão esportiva e principal patrocinador do clube, veem trabalhando para que o Gama se fortaleça.

 

O desenvolvimento do Planejamento Estratégico do Clube, para o período 2017-2020, está em curso, sendo revisado e ajustado continuamente, para que o Gama volte a ser um grande clube fora de campo. A verdadeira profissionalização, que deve ocorrer em todos os setores, em especial no Futebol, é a única maneira de recolocar o clube em patamares maiores, em um cenário de acordo com as expectativas de nossos torcedores, disputando as principais competições do futebol brasileiro. Somente um clube forte fora de campo será capaz de produzir um time forte dentro dele.

 

O planejamento prevê muitas ações para este ano ainda. Muitas irão impactar muito positivamente o clube e atender anseios antigos da massa torcedora alviverde. Um novo clube deverá nascer como fruto destas iniciativas, que em breve serão do conhecimento de todos. Passam por reformas estruturais, no Departamento de Futebol e no modo de relacionamento da torcida, sócios e o clube.

 

Por fim, comunicamos que o Diretor de Futebol Vilson de Sá, por sua iniciativa, pediu desligamento definitivo de suas funções na Diretoria da SEG. Vilson, um sócio benemérito do Gama, título que fez jus devido aos vários anos de contribuição para com a Instituição que ama e torce, foi peça fundamental para a formação do time e para campanha, que conforme afirmamos anteriormente, teve tudo para ser de conquista de um resultado melhor. Aos que acompanharam de perto o esforço e comprometimento deste Gamense de coração, não resta outra alternativa que não seja de agradecer.

 

Encerramos, compartilhando com todos nossos torcedores, a tristeza e o abatimento pelo resultado de campo. Mas, uma vez mais, pedimos à todos que continuem acreditando e ajudando o clube. O trabalho não para e o caminho para a reconstrução de um grande clube está sendo trilhado com determinação e com a convicção de que nos conduzirá ao lugar que queremos e merecemos.

 

 Saudações a toda Nação Gamense!

Atenciosamente,

Diretoria Executiva da Sociedade Esportiva do Gama